Pensamos em dar continuidade à postagem anterior com Perguntas Frequentes, com base nos comentários e discussões, portanto, Bernardo reuniu tudo em um único lugar. Algumas delas podem ser básicas para alguns, mas como os comentários abordaram vários tópicos, nos pareceu mais sensato começar do início. --Steven


Quais são os codecs necessários para executar DVDs?
O codec é um software usado para compactar ou descompactar um arquivo de mídia digital, como uma música ou vídeo. O MPEG-2 é amplamente usado como o formato dos sinais de televisões digitais que são difundidos por sistemas de TV por satélite com difusão direta, cabo e terrestre (over-the-air), e vídeo DVD. O Dolby Digital é o padrão de áudio amplamente utilizado para sistemas de TV por satélite com difusão direta, cabo e terrestre (ATSC, over-the-air), e vídeo DVD. O áudio Dolby também é um formato obrigatório em Blu-ray.


Como o Windows lida com o licenciamento de decodificadores de DVD antes do Windows 8?
O problema em torno dos custos incrementais de codecs para executar DVDs não é novo no Windows. No Windows XP e no Windows Vista, oferecemos edições especializadas, como a Windows Media Center, ou complementos de codec para o Windows Media Player. A reprodução de DVD não estava incluída nas edições Windows Vista Starter, Home Basic, Business e Windows Vista Enterprise. Os OEMs (fabricantes de PCs) tinham a opção de licenciar o Windows Vista Starter, Home Basic e Business “com DVD”, quando oferecíamos uma versão que incluía o codec Dolby Digital para habilitar o sistema operacional para dar suporte à reprodução de DVD por um aumento simbólico do preço. No Windows 7, decidimos disponibilizar amplamente esses codecs em todas as edições, com a exceção do Windows 7 Home Basic (disponível em alguns mercados emergentes) e Windows 7 Starter (disponível para netbooks e alguns mercados emergentes). Isso significa que os royalties relacionados à reprodução de DVDs no Windows 7 são pagos de forma ampla, independentemente da existência de uma unidade óptica no PC. Com base nas vendas e uso, fornecemos codecs para um número muito grande de PCs que não eram capazes de reproduzir DVDs ou simplesmente nunca reproduziram DVDs.


Quem paga royalties de decodificadores associados à reprodução de DVDs nos PCs?
Normalmente, os codecs de mídia são baseados em propriedade intelectual, em geral, patentes de empresas ou consórcios de dispositivos eletrônicos. Portanto, as entidades que desejam vender produtos incluindo esses codecs devem pagar royalties aos detentores de propriedade intelectual; às vezes, a uma única entidade (por exemplo, Dolby Laboratories) e normalmente por meio de uma agência de licenças (por exemplo, MPEG-LA), que administra o licenciamento para inúmeros detentores de propriedade intelectual conforme condições específicas. As regras sobre quem paga esses royalties variam de acordo com o programa de licenciamento. De acordo com o programa MPEG-LA, a empresa que entrega o produto final é a responsável pelo pagamento. No caso de novos PCs com o Windows pré-instalado, seriam os OEMs dos PCs. O programa Dolby para Windows 7 foi definido com base em um contrato entre a Dolby e a Microsoft em que a Microsoft pagou à Dolby diretamente pelos direitos às tecnologias da Dolby incluídas no Windows 7. Os royalties também são pagos por ISVs que incluem essas tecnologias em seus aplicativos, mesmo que esses aplicativos sejam reunidos em novos sistemas. Isso significa que, em muitos casos, os mesmos royalties relacionados a um único PC podem ser pagos várias vezes (alguns pela Microsoft, alguns pelo OEM e outros pelo ISV). No Windows 8, continuaremos incluindo algumas tecnologias licenciadas pela MPEG-LA e pela Dolby que serão pagas pelos OEMs, mas somente aquelas relacionadas ao consumo de mídia online (por exemplo, contêiner do MPEG-2 para H.264, Dolby Digital Plus audio) e não as relacionadas à mídia óptica. Os custos associados a esses codecs são mais baixos, mas significativos se comparados com a reprodução de mídia óptica. Além disso, os aplicativos do Windows 8 poderão usar essas tecnologias como parte das APIs do Windows 8 Media Foundation sem nenhum custo adicional, contanto que eles não forneçam funcionalidade relacionada à difusão e mídia óptica.


Quanto custa ao ecossistema de PCs a execução de DVDs?
A execução de DVDs geralmente requer a compactação de vídeo MPEG-2 e áudio Dolby Digital (AC-3). Embora seja possível usar outros formatos, a maioria dos DVDs comerciais é codificada com esses formatos. Para decodificar esses formatos, o dispositivo de reprodução precisa ser licenciado para usar esses decodificadores. O decodificador de MPEG-2 custa US$ 2,00 por unidade, conforme os termos atuais do MPEG-LA. A licença da Dolby é um custo adicional que varia de acordo com a tecnologia licenciada, o tipo de dispositivo e o volume da unidade. Embora não relacionado ao Windows, o Blu-Ray seria um custo adicional a esses. Portanto, quando adicionamos tudo isso e aplicamos a todos os PCs com o Windows, temos um custo progressivo de centenas de milhões por ano ao ecossistema de PCs, bem acima de um bilhão de dólares durante o ciclo de vida do sistema operacional e, de acordo com a maioria das previsões, a maior parte dos PCs nem mesmo será capaz de executar DVDs.


Por que não posso pagar pelo DVD apenas se eu precisar dele?
Quando temos funcionalidades de reprodução de DVD aplicadas no software de forma ampla, como no Windows 7, não há uma forma de distinguir se o PC executará discos de DVD ou não, o custo é aplicado sobre cada PC. Embora julguemos que a melhor solução seria alguma forma de cobrança pontual pela Microsoft com base em telemetria ou uma "anytime upgrade", não é assim que os programas de licenciamento de terceiros funcionam, como descrito acima. Portanto, não há uma abordagem em que a pessoa compra o Windows ou um PC e somente paga previamente se a reprodução de DVDs for incluída no pacote. Uma vez que é distribuído com um player, é necessária uma licença.


Os dispositivos com o Windows 8 pré-instalado poderão reproduzir DVDs não incluídos?
A escolha de quais periféricos e softwares serão incluídos em um determinado sistema será basicamente do OEM. Se um novo dispositivo tiver uma unidade óptica, ele provavelmente incluirá as licenças e softwares necessários para proporcionar uma experiência direta para a grande maioria dos clientes. Da mesma forma, é praticamente certo que uma unidade óptica complementar (interna ou externa) venha com software de reprodução de DVD, a menos que você compre intencionalmente uma unidade com marca própria (que pode ser a escolha ideal se a unidade se destinar apenas ao carregamento de software). Em todos os casos, há vários aplicativos de terceiros completos que oferece uma ampla gama de suporte devidamente licenciado. Por outro lado, o ecossistema não terá de pagar pelo software e royalties relacionados em dispositivos como tablets, desktops fatores forma pequenos e laptops vendidos sem unidades ópticas.


E se eu atualizar o meu PC com Windows 7 atual para o Windows 8 com uma unidade de DVD?
Se já houver software de reprodução de terceiros, o Assistente de Atualização do Windows ajudará a avaliar se esse software é compatível com o Windows 8 e você terá a opção de mantê-lo durante a atualização para o Windows 8. Caso contrário, você precisará adquirir um software de reprodução de terceiros após a atualização para executar DVDs. Você também pode adquirir o Windows 8 Media Center Pack ou o Windows 8 Pro Pack após a atualização. Os dois pacotes incluem o Windows Media Center, com a capacidade de executar DVDs.


Por que não posso comprar um dispositivo com o Windows 8 que venha com o Windows Media Center pré-instalado?
Com a evolução dos fatores forma de dispositivos (tablets, finos e leves etc., nenhum dos quais têm unidades ópticas) e a mudança nos padrões de consumo de mídia de discos ópticos e TV aberta para a online (Netflix, Youtube, Hulu etc.), optamos por não disponibilizar mais as funcionalidades de DVD e TV aberta em todas as edições do Windows, simplesmente porque o recurso se aplica a um número cada vez menor de PCs vendidos. Essas funcionalidades somente serão disponibilizadas aos clientes que a desejarem por meio do Add Windows Feature (também conhecido como Windows Anytime Upgrade). Isso garante que os custos associados à execução de DVDs e TV aberta em PCs somente sejam aplicados aos dispositivos que tenham essas funcionalidades e aos clientes que as desejam.


Haverá outra edição do Windows 8 chamada “Windows 8 Pro com Media Center”?
A edição profissional do Windows 8 que inclui o Media Center terá o nome e a marca Windows 8 Pro. A única diferença é que ela incluirá o Media Center e você verá isto nas propriedades do sistema: “Windows 8 Pro com Media Center”. Não se trata de uma nova edição do Windows 8.

Por que precisarei atualizar para o Windows 8 Pro para obter o Media Center?
As tendências no uso do Media Center mostram uma diminuição no número de clientes que o usam regularmente, começando por uma base relativamente pequena, como já falamos em outra postagem. Quando observamos o uso real, a maioria dos clientes que usam o Media Center e executam DVDs utiliza o Windows Ultimate e XP Pro/Media Center. Acreditamos que esses clientes também se interessem pelos recursos adicionais fornecidos pela edição Windows 8 Pro, como inicialização pelo VHD, Hyper-V Cliente etc., especialmente se estiverem usando o Media Center em um PC usado para tarefas gerais. Considerando o público e o uso atual, concluímos que a grande maioria dos clientes do Media Center que fizerem a atualização para o Windows 8 optarão pela edição Windows 8 Pro. Como parte de nossos esforços de manter o plano das edições do Windows 8 o mais simples possível, o Windows Media Center somente está disponível no Windows 8 Pro. Se você já possui o Windows 8 Pro e deseja adicionar o Media Center, basta adquirir o Media Center Pack como uma atualização in-loco disponível pelo Add Windows Features (antes conhecido como Windows Anytime Upgrade).

 

O que é o Windows 8 Pro Pack e por que ele inclui o Media Center?
O Windows 8 Pro Pack é uma atualização do Windows 8 para o Windows 8 Pro. Como descrevemo acima, o Media Center somente está disponível no Windows 8 Pro. Ao adquirir o Pro Pack, com apenas uma etapa você será levado para o Windows 8 Pro com Media Center. O custo do Media Center Pack é embutido no Pro Pack. Novamente, essa é uma tentativa de adicionar simplicidade ao processo de aquisição do Media Center.

 

Qual versão do Windows Media Center será incluída no Windows 8?
A versão do Media Center incluída no Windows 8 é a fornecida no Windows 8 Consumer Preview. Ela é muito consistente com a fornecida no Windows 7.


O CableCard e outros dispositivos continuam funcionando com o Media Center no Windows 8?
Sim, não há nenhuma alteração no hardware com suporte entre o Windows 7 e o Windows 8.


Por que o Windows Media Player não dá suporte à reprodução de DVDs mesmo com a instalação do Media Center?
Conforme o que discutimos acima, deve estar claro agora que não podemos sempre habilitar a reprodução de DVDs no Windows Media Player. Devido aos comentários constantes para evitarmos a sobreposição de recursos e a complexidade da alteração no comportamento de um componente previamente instalado, somente podemos habilitar a reprodução de DVDs no Media Center quando ele é instalado.

 

Se eu fizer uma atualização in-loco, não poderei simplesmente usar os codecs já comprados com o Windows 7?
Os direitos de uso desses codecs necessários para executar DVDs não são transferidos para uma nova versão do Windows depois que você fizer uma atualização. Esses termos são definidos pelos licenciantes dessas tecnologias, não pela Microsoft ou OEMs.
Atualização, estas Perguntas frequentes foram adicionadas à postagem original.