“refatorar” um test unitário não é uma tarefa simples. mas, pode ser uma boa oportunidade para rever os seus testes e melhorá-los. provavelmente você encontrará testes que contém mais de uma verificação, testes com dependências e algo mais.

isto é natural. ganhamos experiência com o tempo. e mesmo que tenhamos experiência, somos imperfeitos. :)

um dos motivos de querermos “refatorar” um teste unitário pode ser a necessidade ou o desejo de incluir mocks.

se você está acostumado a refatorar provavelmente já tem conjunto de passos ou um check list. ou seja, seu processo de refatoração.

quer você já possua o seu processo quer não, achei interessantes os passos descritos pela Wendy neste post. se você já tem os seus passos será pelo menos interessante revê-los contra a opinião de uma outra pessoa.

[]s

 
follow me