ultimamente tenho usado em alguns projetos TDD.  este assunto é bem batido e não quero entrar nas discussões sobre se "devemos ou não SEMPRE usar TDD". é claro que para ser bem usado é necessário prática e que isto não é uma ferramenta milagrosa que resolve todos os problemas.

para dizer a verdade é muito difícil hoje eu começar a desenvolver qualquer coisa, mesmo as simples, sem usar TDD.

porém, já fui questionado que muitas vezes porque em diversos casos isto leva mais tempo já que se escreve mais linhas de código. obviamente incluindo as linhas de código de teste.

entretando muitos desconsideram que o número de bugs encontrados quando se usa TDD é menor, para os casos em que é bem aplicado. estes mesmos desconsideram que o tempo para se corrigir bugs, são na verdade, tempo gasto no desenvolvimento. de nada adiantada decretar o code complete cedo se iremos gastar muito tempo depois corrigindo bugs. alguns até mesmo triviais.

sendo assim, o tempo total acaba sendo menor, uma vez que temos menos bug. a diferença é que gastamos mais tempo no desenvolvimento para garantir a sua qualidade do que na correção de bugs.

porém, não é fácil mostramos este ganho. por isto achei muito interessante este post do scott miller. em um pequeno projeto ele conseguiu demonstrar e metrificar o ganho de se usar TDD, embora inicialmente a impressão é que este desenvolvimento havia levado mais tempo.

  Bookmark and Share

follow me

Powered by Qumana