April, 2011

Posts
  • Windows Azure e SQL Azure - Blog do Condé

    Anúncio–Direto do MIX11, novos tamanhos das ofertas dos serviços da Plataforma Windows Azure

    • 0 Comments

    Boa tarde a todos !

    [Atualização 05/05/2011 22:36] – Conforme a disponibilidade em produção do serviço Windows Azure AppFabric Caching, ele já está presente nas ofertas da Plataforma Windows Azure. Veja nos quadros abaixo a atualização. Importante salientar que este serviço será cobrado a partir de 01/agosto/2011

    Não foram apenas novos serviços e features que a Plataforma Windows Azure teve no MIX11. Houveram também novidades no tamanho da franquia de serviços das ofertas gratuitas do Windows Azure. Para facilitar, fiz uma divisão por cada tipo de oferta que recebeu uma atualização.

    Se tem alguma dúvida, o post “FAQ– Como usar o Windows Azure sem pagar (gratuito)?” ajuda no entedimento do propósito de cada oferta.

    Veja o anúncio oficial das novas ofertas neste post.


    Trial Offer (aka “Oferta Introdutória” ou “Introductory Offer” ou “Oferta especial de lançamento”)

    Os assinantes do Oferta “Trial Offer” (aka “Oferta Introdutória/Introductory Offer/Oferta Especial de Lançamento” receberão a partir de 12/Abril/2011, uma atualização no tamanho das franquias. Uma outra novidade importante, é que está oferta foi estendida até o dia 30/09/2011. Abaixo há o quadro comparativo:

    Serviço

    Descrição

    Recurso

    Valores anteriores

    Novos valores
    (válidos após 12/Abril/2011)

    Windows Azure Hospedagem de aplicações Quantidade de horas de máquina virtual do tipo extra-small instance1

    750 horas

    750 horas

    Quantidade de horas de máquina virtual do tipo small instance

    25 horas

    25 horas

    Transferência de dados entre o datacenter do windows azure e consumidor dos dados

    Entrada de dados

    0,5 GB

    20 GB

    Saída de dados

    0,5 GB

    20 GB

    Windows Azure Storage Armazenamento de dados não-relacional (blob, table e queue) Espaço para armazenamento

    0,5 GB

    20 GB

    Quantidade de transações

    10.000

    50.000

    Windows Azure AppFabric Barramento de serviços, autenticação e caching Número de conexões do service bus

    2

    2

    Quantidade de autenticações com o access control service

    100.000

    100.000

    Armazenamento no Serviço de Caching

    Não tinha

    128 MB

    SQL Azure Banco de dados relacional Tamanho do banco de dados

    1 banco de dados de 1 GB durante os primeiros 90 dias

    1 banco de dados de 1 GB durante os primeiros 90 dias

    1 A máquina virtual do tipo extra-small instance ainda está em fase beta. Por isto, uma vez você assina esta oferta, entre no portal do Windows Azure e requisite a sua participação na fase beta.


    Cloud Essentials

    A Oferta Cloud Essentials é voltada para parceiros que podem utilizar os serviços da Plataformja Windows Azure gratuitamente. Tal como as demais ofertas, esta também teve uma atualização no tamanho. Veja abaixo o quadro comparativo:

    Serviço

    Descrição

    Recurso

    Valores anteriores

    Novos valores
    (válidos após 12/Abril/2011)

    Windows Azure Hospedagem de aplicações Quantidade de horas de máquina virtual do tipo extra-small instance1

    750 horas

    750 horas

    Quantidade de horas de máquina virtual do tipo small instance

    25 horas

    25 horas

    Transferência de dados entre o datacenter do windows azure e consumidor dos dados

    Entrada de dados

    3 GB

    25 GB

    Saída de dados

    6 GB

    25 GB

    Windows Azure Storage Armazenamento de dados não-relacional (blob, table e queue) Espaço para armazenamento

    3 GB

    20 GB

    Quantidade de transações

    250.000

    250.000

    Windows Azure AppFabric Barramento de serviços, autenticação e caching Número de conexões do service bus

    2

    2

    Quantidade de autenticações com o access control service

    100.000

    100.000

    Armazenamento no Serviço de Caching

    Não tinha

    128 MB

    SQL Azure Banco de dados relacional Tamanho do banco de dados

    1 banco de dados de 1 GB

    1 banco de dados de 1 GB

    1 A máquina virtual do tipo extra-small instance ainda está em fase beta. Por isto, uma vez você assina esta oferta, entre no portal do Windows Azure e requisite a sua participação na fase beta.


    MSDN Premium

    Para os assinantes que tem o MSDN Premium e ao ativarem os seus benefícios do Windows Azure após a data 12/Abril/2011, receberão os novos valores abaixo. Já para para os assinantes MSDN Premium que já tinham ativado os benefícios, o tamanho da franquia será automaticamente convertido para os valores do MSDN Ultimate. Para mais detalhes veja a página dos benefícios do MSDN. Veja abaixo o quadro comparativo:

    Serviço

    Descrição

    Recurso

    Valores anteriores (baseados no MSDN Subscription)

    Novos valores
    (válidos após 12/Abril/2011)

    Windows Azure Hospedagem de aplicações Quantidade de horas de máquina virtual do tipo extra-small instance

    Não tem

    1.500 horas

    Quantidade de horas de máquina virtual do tipo small instance

    750 horas

    Nao tem

    Transferência de dados entre o datacenter do windows azure e consumidor dos dados

    Entrada de dados

    7 GB

    30 GB

    Saída de dados

    14 GB

    30 GB

    Windows Azure Storage Armazenamento de dados não-relacional (blob, table e queue) Espaço para armazenamento

    10 GB

    25 GB

    Quantidade de transações

    1.000.000

    1.000.000

    Windows Azure AppFabric Barramento de serviços, autenticação e caching Número de conexões do service bus

    5

    5

    Quantidade de autenticações com o access control service

    1.000.000

    200.000

    Armazenamento no Serviço de Caching

    Não tinha

    128 MB

    SQL Azure Banco de dados relacional Tamanho do banco de dados

    3 banco de dados de 1 GB

    1 banco de dados de 1 GB

    1 A máquina virtual do tipo extra-small instance ainda está em fase beta. Por isto, uma vez você assina esta oferta, entre no portal do Windows Azure e requisite a sua participação na fase beta.


    MSDN Ultimate

    Para os assinantes do MSDN Ultimate que já tem ou vão ativar os seus benefícios do Windows Azure, abaixo tem os novos valores das franquias. Para mais detalhes veja a página dos benefícios do MSDN

    Serviço

    Descrição

    Recurso

    Valores anteriores (baseados no MSDN Subscription)

    Novos valores
    (válidos após 12/Abril/2011)

    Windows Azure Hospedagem de aplicações Quantidade de horas de máquina virtual do tipo extra-small instance1

    Não tem

    Não tem

    Quantidade de horas de máquina virtual do tipo small instance

    750 horas

    1.500 horas

    Transferência de dados entre o datacenter do windows azure e consumidor dos dados

    Entrada de dados

    7 GB

    35 GB

    Saída de dados

    14 GB

    35 GB

    Windows Azure Storage Armazenamento de dados não-relacional (blob, table e queue) Espaço para armazenamento

    10 GB

    30 GB

    Quantidade de transações

    1.000.000

    2.000.000

    Windows Azure AppFabric Barramento de serviços, autenticação e caching Número de conexões do service bus

    5

    5

    Quantidade de autenticações com o access control service

    1.000.000

    500.000

    Armazenamento no Serviço de Caching

    Não tinha

    128 MB

    SQL Azure Banco de dados relacional Tamanho do banco de dados

    3 banco de dados de 1 GB

    5 banco de dados de 1 GB cada

    1 A máquina virtual do tipo extra-small instance ainda está em fase beta. Por isto, uma vez você assina esta oferta, entre no portal do Windows Azure e requisite a sua participação na fase beta.


    MSDN Professional

    Para os assinantes do MSDN Professional que vão ativar os seus benefícios do Windows Azure, abaixo tem os novos valores das franquias. Para mais detalhes veja a página dos benefícios do MSDN

    Serviço

    Descrição

    Recurso

    Valores anteriores (baseados no MSDN Subscription)

    Novos valores
    (válidos após 12/Abril/2011)

    Windows Azure Hospedagem de aplicações Quantidade de horas de máquina virtual do tipo extra-small instance1

    Não tem

    750 horas

    Quantidade de horas de máquina virtual do tipo small instance

    750 horas

    Não tem

    Transferência de dados entre o datacenter do windows azure e consumidor dos dados

    Entrada de dados

    7 GB

    25 GB

    Saída de dados

    14 GB

    25 GB

    Windows Azure Storage Armazenamento de dados não-relacional (blob, table e queue) Espaço para armazenamento

    10 GB

    20 GB

    Quantidade de transações

    1.000.000

    250.000

    Windows Azure AppFabric Barramento de serviços, autenticação & caching Número de conexões do service bus

    5

    2

    Quantidade de autenticações com o access control service

    1.000.000

    100.000

    Armazenamento no Serviço de Caching

    Não tinha

    128 MB

    SQL Azure Banco de dados relacional Tamanho do banco de dados

    3 banco de dados de 1 GB

    1 banco de dados de 1 GB

    1 A máquina virtual do tipo extra-small instance ainda está em fase beta. Por isto, uma vez você assina esta oferta, entre no portal do Windows Azure e requisite a sua participação na fase beta.


    abs e t+
    Condé

    versão 1.1

  • Windows Azure e SQL Azure - Blog do Condé

    Anúncio–Novos serviços e features anunciados no MIX11

    • 0 Comments

    Bom dia a todos !

    No evento MIX11, realizado durante esta semana em Las Vegas, o time da Plataforma Windows Azure anunciou várias novidades já esperadas pelos clientes. Vamos lá:

    Windows Azure Traffic Manager – Lançamento ainda em CTP
    O Windows Azure Traffic Manager é um novo feature que permite que os clientes possam monitorar seus serviços hospedados no Windows Azure e desta maneira estabelecer balanceamento de carga dos mesmos. Com ele, você escolhe três métodos de balanceamento de carga: desempenho, failover e roundrobin. No caso se o seu serviço estiver offline em alguma localidade, o Traffic Manager irá enviar o tráfego para outra localidade onde o seu serviço estiver disponível. O intuito é sempre manter o seu serviço no ar e ao mesmo tempo garantir a melhor experiência de acesso por parte dos seus usuários.

    O Traffic Manager está em versão CTP, para ter acesso basta entrar no Windows Azure Portal e solicitar a participação no programa beta.

    Se quiser saber mais, veja:

    Webcast sobre o Traffic Manager.: https://www.eventbuilder.com/microsoft/event_desc.asp?p_event=9j36q7s4 
    Anúncio oficial  no MIX11 do Traffic Manager: http://blogs.msdn.com/b/windowsazure/archive/2011/04/13/windows-azure-news-from-mix11.aspx 
    Página Oficial do Traffic Manager: http://www.microsoft.com/windowsazure/virtualnetwork/ 

    Novos recursos do Windows Azure AppFabric Access Control Service (ACS) – Já em produção

    O Time do Windows Azure está continuamente melhorando os serviços conforme o seu feedback. Uma das maneiras de acompanhar a evolução, é através do portal do Laboratórios do AppFabric . AppFabricLabs é um local para que clientes podem experimentar as próximas inovações deste middleware de integração.

    Uma dos novos recursos que estavam testes no AppFabricLabs e agora, após o MIX11, foram migradas para a produção é uma atualização no Access Control Service. A nova versão do Access Control Service introduz o suporte de Single-sign-on (SSO) para aplicações Web, através do uso de WS-Federation e serviços REST( via WS-Trust e OAuth). Provavelmente, devem estar se perguntando “E daí?”. Vamos ao entendimento:

    Na grande maioria, aplicações Web utilizam algum mecanismo de autenticação de usuários (próprio ou de terceiros). Falando especificamente sobre serviços de terceiros, os mecanismos de autenticação mais comuns são : Windows Live ID, Yahoo Account, Google Account, Facebook Registration, OAuth e outros. Agora imagine a engenharia de construir uma aplicação Web que permita que o usuário utilize quaisquer um dos mecanismo de autenticação pessoal (descritos acima) para usar sua aplicação, acredito que isto dê um bom trabalho de programação, correto? Pois bem, com a nova versão do Access Control Service, você basicamente centraliza nele todos os mecanismos de autenticação que gostaria de ter, e a sua aplicação consumirá as credenciais de autenticação que o ACS passará. Claramente, você pode notar que isto simplifica o processo de autenticação através de uma única porta de entrada.

    Se quiser saber mais, veja:

    Anúncio oficial do MIX11 da atualização do AppFabric Access Control Service: http://blogs.msdn.com/b/windowsazure/archive/2011/04/13/windows-azure-news-from-mix11.aspx 
    Anúncio oficial da atualização do AppFabric Access Control Service: http://blogs.msdn.com/b/windowsazureappfabric/archive/2011/04/11/windows-azure-appfabric-access-control-april-release-available-now.aspx 
    Página Oficial do Windows Azure AppFabric Access Control Service: http://www.microsoft.com/windowsazure/appfabric/overview/default.aspx#top

    Windows Azure AppFabric Caching – Previsão para entrar em produção final de Abril/2011

    Outra idéia que estava em fase experimental no AppFabricLabs é o Windows Azure AppFabric Caching. O Windows Azure AppFabric Caching é um novo serviço para armazenamento de dados voláteis (aqueles que não precisam ficar persistentes em alguma base de dados) e tem por objetivo promover ferramentas para aumentar o desempenho em aplicações.

    Um uso clássico de um serviço de Caching é o carrinho de compras de sites de comércio eletrônico. Como pode notar, o carrinho de compras é um dado volátil (acabará quando a compra for finalizada), mas ao mesmo tempo precisa ficar altamente disponível para que usuários possam adicionar/remover itens. Variavelmente, empresas tem a tendência de usar sessões (ASP Session ou outra técnica) para armazenar este tipo de dado, não há nada de errado com esta abordagem. Porém cabe destacar que quando estamos em nuvem você deve imaginar que terá várias instâncias de máquinas rodando ao mesmo tempo para atender à demanda de acesso dos seus usuários. Usando um serviço de Caching, permitirá que todas as instâncias possam enxergar o mesmo dado sem a necessidade de comprometer um local de persistência (banco de dados-SQL Azure ou Windows Azure Tables). Aumentando a disponibilidade do dado e aumentando o desempenho de acesso aos dados armazenados.

    Se quiser saber mais, veja:

    Anúncio oficial do MIX11 da atualização do AppFabric Access Control Service: http://blogs.msdn.com/b/windowsazure/archive/2011/04/13/windows-azure-news-from-mix11.aspx
    Anúncio oficial da disponibilidade do AppFabric Caching Service: http://blogs.msdn.com/b/windowsazureappfabric/archive/2011/04/10/windows-azure-appfabric-caching-availability-announced.aspx
    Introdução ao Windows AppFabric Caching: http://www.microsoft.com/showcase/en/us/details/51ca053c-1fa0-4be5-bc29-ad4b9ef370a9 
    Como configurar o Windows Azure AppFabric Caching: http://www.microsoft.com/showcase/en/us/details/4102e06b-9b7a-4955-aff4-91f92856cd4c
    Página Oficial do Windows Azure AppFabric Caching: http://www.microsoft.com/windowsazure/appfabric/overview/default.aspx#top

    Windows Azure CDN para Smooth Streaming - Ainda em fase de testes

    Não foi apenas no MIX11 que tivemos novidades, também no conferência National Association for Broadcasters (NAB), foi anunciado (ainda em fase de testes) o IIS Smooth Streaming através do Windows Azure CDN (Content Delivery Network). Anteriormente, o Windows Azure CDN só suportava conteúdo como imagens, vídeos, arquivos javascripts, HTML estátíco e etc.

    Uma vez que um vídeo codificado pelo IIS Smooth Streaming e armazenado no Windows Azure CDN, isto permitirá que ele possa ser visto por diversos players: Silverlight, iOS e Android Honeycomb. Desta maneira, conforme a disponibilidade de banda, o Windows Azure CDN pode escolher se deve enviar mais ou menos resolução, garantindo sempre uma experiência para quem assiste. Com isto, as empresas não precisam se preocupar com detalhes de disponibilidade, banda e distribuição geográfica (já que o Windows Azure CDN tem 24 nodes espalhados pelo mundo, incluindo o Brasil).

    O lançamento da versão CTP (aberta ao público) deste novo feature está programada para até o final de junho/2011. Para ter acesso basta entrar no Windows Azure Portal e solicitar a participação no programa beta.

    Se quiser saber mais, veja:

    Anúncio oficial do MIX11 da atualização do AppFabric Access Control Service: http://blogs.msdn.com/b/windowsazure/archive/2011/04/13/windows-azure-news-from-mix11.aspx
    Página oficial do Windows Azure CDN: http://www.microsoft.com/windowsazure/cdn/ 

    abs e T+
    Condé

    versão 1.0

Page 1 of 1 (2 items)