May, 2013

Posts
  • Windows Azure e SQL Azure - Blog do Condé

    Instalando o Tiny-Tiny-RSS no Windows Azure para substituir o Google Reader

    • 1 Comments

    Boa tarde !

    Desde que foi anunciado o fim do Google Reader, fiquei pensando em soluções para resolver o problema da carência de usuários deste serviço. Eu listei alguns pré-requisitos:

    1. Não ter nenhum custo para mim.
    2. Estar hospedado no Windows Azure.
    3. Implementação rápida.

     

    Após algumas pesquisas na Internet, encontrei o o Tiny-Tiny-RSS. O Tiny-Tiny-RSS  é um agregador open-source para leitores de RSS/Atom, além de usar tecnologia open-source (Linx, MySQL, PHP). Ele ainda tem API para conexão, vários plug-ins e outros recursos.

    Bem, ele atenderia aos meus requisitos plenamente, pois além de ser de graça (mas eu fiz uma doação para otime para continuar o projeto), poderia hospedar no Windows Azure e não precisaria programar o meu próprio agregador. Desta maneira, a próxima etapa de decisão seria decidir a arquitetura. Abaixo a minha matriz de pró/contras.

    Arquitetura Pró Contras
    Usar IaaS com ambiente Linux e MySQL Maior nível de controle. O maior controle requer tamb[em uma maior carga de administração dos servidores.
    Usar o Windows Azure WebSites para hospedar Redução do tempo de administração e setup Menor nível de controle

     

    Pois bem, como tempo é dinheiro; a escolha pelo uso de Windows Azure Websites foi mais que natural, afinal não quero gastar tempo na administração e setup. E como a aplicação não é algo de missão crítica para ter a necessidade de maior controle no nível de sistema operacional.

    Este tutorial contém 5 passos para montagem de um ambiente de Tiny-Tiny-RSS:

     

    Pré-requisitos

    Este tutorial precisa de alguns aplicativos, abaixo tem a lista dos necessários:

    • O 7-Zip é necessário para descompactar os arquivos do Tiny-Tiny-RSS
    • O FileZilla é um projeto open-source para FTP

     

    Passo 1 – Criando o Website no Windows Azure

    1 – Abra o Portal de Gerenciamento do Windows Azure.

    2 – Clique em Criação Personalizada em Novo->Computação->Site->Criação Personalizada.

    image

     

    3 – Na tela Criar Site digite o nome do site. No meu exemplo, estou usando conderss01.

    image

    4 – Na tela Criar Site, selecione o datacenter que for mais adequado.

    image

    5 – Na tela Criar Site, selecione Criar um novo banco de dados MySQL. O Tiny Tiny RSS usa MySQL para armazenar os feeds e dados.

    image

    6 – Na tela Criar Site, observe que há o campo Nome da Cadeira de BD que é responsável para armazenar a string de conexão de banco de dados. Dê um nome adequado e clique na seta para avançar.

    image

    7 – Digite o nome do banco de dados MySQL.

    image

    8 – Selecione o datacenter mais adequado.

    image

    9 – Marque a opção Eu concordo e clique no botão para concluir.

    image

    10 – O Windows Azure iniciará o processo de criação do WebSite, você poderá ver o progresso conforme a tela abaixo.

    image

    11 – Pronto ! Quando aparecer Executando no campo de status, o WebSite estará pronto !

    image

    Passo 2 – Fazendo upload do Tiny-Tiny-RSS

    1 – Dentro do Portal de Gerenciamento do Windows Azure, clique em cima do nome do WebSite que você criou anteriormente.

    image

    2 – Dentro do WebSite, clique no link Painel.

    image

    3 – Você poderá ver as estatísticas de execução do WebSite, bem como os endereços FTP para acessar remotamente.

    image

    4 – Copie para um Bloco de Notas a url do FTP e abra o FileZilla

    5 – Dentro do FileZilla, digite os valores do Host, Username e Password. Por fim, clique em Quickconnect.

    image

    6 – Quando a conexão ser estabelecida você verá a tela abaixo.

    image

    7 – Dentro do FileZilla, do lado de FTP expanda a pasta até wwwroot que está em /site/wwwroot.

    image

    8 – Copie os arquivos do diretório compactado do Tiny-Tiny-RSS para o diretório do FTP /site/wwwroot. Veja na tela abaixo.

    image

    9 – Você poderá acompanhar a evolução da cópia através da tela de Log do FileZilla.

    image

    10 – Pronto ! Quando o processo de upload for concluído, você poderá ver que não há nenhum arquivo pendente para upload

    image

    Passo 3 – Instalando o Tiny-Tiny-RSS no WebSite

    1 – Uma vez concluído o processo de upload, clique no link do seu site e verá uma tela , veja abaixo.

    image

    2 – Clique em Database e selecione MySQL

    image

    3 – Digite as credenciais de acesso ao MySQL que está vinculado ao seu WebSite, e clique em Test configuration. Caso não saiba, veja neste tutorial como obter as credencias.

    image

    4 – Se as credenciais tiveram certas, você verá a mensagem Configuration check succeeded e Database test succeeded. Clique no botão Initialize database

    image

    5 – Quando o Tiny-Tiny-RSS terminar de inicializar o banco de dados, ele mostrará a tela do arquivo de configuração (config.php). Clique no botão Save configuration

    image

    6 – Clique no link loading tt-rss now para inicializar os dados do banco de dados

    image

    7 – Quando pronto, o Tiny-Tiny-RSS exibirá a tela de login. A usuário e senha defaults são admin/password

    image

    8 – Pronto ! Ao logar você verá a tela de artigos do Tiny-Tiny-RSS. Veja o exemplo abaixo:

    image

    Passo 4 – Exportando os feeds do Google Reader

    1 – Logue no Google Reader e procure pelo menu de configurações, veja o exemplo abaixo.

    image

    2 – Clique na aba Import/Export.

    image

    3 – Clique no link Download your data through Takeout

    image

    4 – Quando o processo de coleta acabar (100%), clique no botão Create Archive.

    image

    5 – Uma vez concluído o processo de arquivamento, clique no botão Download.

    image

    6 – Pronto ! Abrao arquivo compactado e pegue o arquivo subscriptions.xml

    Passo 5 – Importando as inscrições para dentro do Tiny-Tiny-RSS

    1 – Dentro do Tin-Tiny-RSS clique botão Acões e depois em Preferences…

    image

    2 – Clique em Feeds e depois em OPML

    image

    3 – Clique no botão Browse e procure o arquivo subscriptions.xml que você pegou no passo 4

    image

    4 – Clique no botão Import my OPML.

    image

    5 – Aguarde o processo de importa;áo, você verá o progresso através da tela Importing, please wait

    image

    6 – Quando finalizado a importação , você uma tela abaixo. Clique no botão Fechar esta janela.

    image

    7 – Você poderá ver os feeds importados na lista. Veja o exemplo abaixo:

    image

    8 – Clique no link Sair das preferências

    image

    9 – Pronto ! A importação das inscrições foi realizada com sucesso. O Tiny-Tiny-RSS leva um tempo para atualizar as entradas; mas você fazer manualmente clicando em cada inscrição que deseja.

    image 

    Passo 6 (Adicional) – Recuperando o usuário e senha do MySQL: O propósito é mostrar como recuperar o usuário e senha do banco MySQL

    1 – Dentro do Portal do Windows Azure, clique em Sites.

    image

    2 – Clique em Painel.

    image

    3 – Clique em Exibir cadeias de conexão

    image

    4 – Pronto ! Você os detalhes da string de conexão.

    image

     

    abs e T+
    Condé

    versão 1.0

  • Windows Azure e SQL Azure - Blog do Condé

    Anúncio–Virtual Network agora tem suporte para Windows RRAS e Conexão Ponto para Rede Virtual

    • 0 Comments

    Boa noite a todos !

    O Virtual Network/Rede Virtual é um serviço do Windows Azure que permite fazer conexões de redes locais com o Windows Azure, permitindo assim aos clientes extenderem suas capacidades locais com os serviços do Windows Azure. Através do Virtual Network, clientes podem criar máquinas virtuais, atribuir endereços IPs para as VMs, configurar DNS e assim transformar o Windows Azure como uma extensão natural dos seus datacenters.

    Desde que lançamos este serviço em junho de 2012, a construção de uma virtual network dependia exclusivamente do uso de roteadores Juniper e Cisco para extender a sua rede, e desde o dia 26/04/2013 colocamos duas novas funcionalidades para melhorar as conexoes de ambientes locais (on-premises) com a nuvem pública. De forma geral, o quadro abaixo simplifica o funcionamento da rede virtual do Windows Azure.

     

    Windows Server 2012 RRAS

    Além de usar os roteadores Juniper e Cisco, agora é possível utilizar o serviço de Acesso Remoto e Roteamento (Routing and Remote Access) do Windows Server 2012 para montar a sua rede virtual.  Com esta novidade, damos mais flexiilidade aos clientes na montagem de suas soluções, bem como continuar a utilização de soluções baseadas em hardware.

    Veja os links de como funciona o Windows Server 2012 RRAS e como montar uma rede virtual.

     

    Conexão Point-To-Site (Ponto a Site)

    Outro recurso sempre pedido pelos clientes era a capacidade de conectar na rede virtual através de máquinas clientes, tais como Windows 7 e Windows 8. Esta funcionalidade chamada de Point-To-Site VPN agora está em produção e plenamente funcional. Para mostrar como fazer uma conexão, veja este tutorial que montei abaixo.

    Este tutorial contém 5 passos de configuração que são:

     

    Passo 1 – Criando a Virtual Network

    1 – Chame a opção criação personalidade de uma rede virtual através da opção Criação Personalizada em Novo->Redes->Rede Virtual->Criação personalizada

    image

    2 – No meu caso, vou criar um novo grupo de afinidade (reunir os serviços do Windows Azure em grupos), por isto selecionei Criar um Novo Grupo de Afinidade. Em seguida selecione a Região e o digite o nome do grupo de afinidade. Uma vez tendo digitado os dados corretamente, clique no botão avançar.

     

    image

    3 – Se deseja criar um grupo de endereçamento de IPs diferentes, faça as modificações. Uma vez concluído, clique no botão avançar.

    image

    4 – Clique em adicionar sub-rede do gateway e modifique o endereços IPs, se necessário. Uma vez concluído, clique em concluir.

    image

    5 – Quando concluído a criação da rede virtual, você verá escrito Criado na lista de redes virtuais

    image

     

    Passo 2 – Criando uma VM para a rede virtual

    1 – Selecione a opção Da galeria em Novo->Computação->Máquina Virtual

    image

    2 – Selecione a imagem que deseja usar para criar a VM e depois clique no botão avançar.

    image

    3 – Preencha os dados da VM que deseja criar (data de liberação, tamanho, usuário administrativo, senha do usuário administrativo) e clique no botão avançar.

    image

    4 – Agora o ponto de atenção, digite o nome da url da VM e selecione a rede virtual que você acabou de criar.

    image

    5 – Outro ponto de atenção, como a rede virtual pode ter várias subnets, selecione a adequada para o seu exemplo. E depois clique no botão avançar.

    image

    6 – Clique no botão concluir, para iniciar o procedimento de criação da VM na rede virtual selecionada.

    image

    7 – O Windows Azure iniciará o processo de criação de VM, o tempo médio é 5-7 minutos

    image

    8 – Quando concluído, você verá a mensagem Executando no nome da VM.

    image

     

    Passo 3 – Criando o Gateway para a rede virtual

    1 – No Portal de Gerenciamento do Windows Azure, selecione Redes do lado esquerdo.

    image

    2 – Clique na rede virtual que deseja criar o gateway.

    image

    3 – Verifique que a mensagem O Gateway não foi criado aparece na sua rede virtual.

    image

    4 – No meu de rodapé, clique na opção Criar Gateway.

    image

    5 – Confirme a criação do gateway clicando no botão Sim.

    image

    6 – O Windows Azure iniciará a criação do gateway para esta rede virtual. Este processo leva-se de 5-7 minutos para montagem do gateway (entidade que resolverá os IPs da sua rede).

    image

     

    Passo 4 – Criando certificado digital para habilitar o acesso remoto

    1 – Crie um diretório local na sua máquina. No meu exemplo, eu usarei o diretório c:\temp\vpnconde. Você precisará deste diretório durante os próximos passos.

    2 – Abra o VS2012 x86 Native Tools Command Prompt.

    image

    3 – Vá para o diretório que você criou anteriormente.

    image

    4 – Digite o comando para criar o certificado digital makecert -sky exchange -r -n "CN=vpnconde" –pe -a sha1 -len 2048 -ss My

    image

    5 – Quando o certificado digital estiver pronto aparecerá mensagem Succeeded.

    6 – No menu Run, digite mmc e selecione o mmc.exe.

    image

    7 – Selecione a opção "Add/Remove Snap-in no menu File->Add/Remove Snap-in dentro do Management Console (MMC).

    image

    8 – Na lista de snap-ins, selecione Certificates, depois clique no botão Add. Em seguida clique no botão OK.

    image

    9 – Veja que o certificado digital criado anteriormente já está aparecendo na lista.

    image

    10 – Clique com o botão direito e selecione Export em All Tasks->Export.

    image

    11 – Clique no botão Next.

    SNAGHTML589aaa

    12 – Clique no botão Next.

    SNAGHTML58ea7e

    13 – Clique no botão Next.

    SNAGHTML594eeb

    14 – Digite o diretório e nome do arquivo que será gerado, em seguida clique em Next. No meu exemplo, estou usando o diretório c:\temp\vpnconde.

    SNAGHTML59fbdc

    15 – Clique no botão Finish.

    SNAGHTML5a699c

    16 – Quando concluído o processo de exportação, clique OK.

    SNAGHTML5b3a62

    17 – Verifique que o arquivo foi criado no diretório que você usou previamente para armazená-lo. No meu exemplo, está dentro de c:\temp\vpnconde.

    image

     

    Passo 5 – Configurando o certificado digital na rede virtual

    1 – Dentro do Portal de Gerenciamento do Windows Azure, clique no link “Carregar o certificado de cliente

    image

    2 – Selecione o arquivo e clique no botão concluir.

    image

    3 – O certificado digital será feito o upload, quando concluido aparecerá a mensagem “Certificado de cliente para a rede virtual vpnconde carregado com êxito”.

    image

     

    Passo 6 – Conectando a máquina local com a rede virtual

    1 – No Portal de Gerenciamento do Windows Azure, clique em “Baixar Pacote de VPN para Cliente AMD64” (lembre-se de baixar o pacote associado ao seu sistema operacional).

    image

    2 – Ao terminar a o download do pacote, inicie a instalação do mesmo. O processo é bem rápido e não requer download.

    SNAGHTML6ae2e1

    3 – Após a conclusão da instalação, você verá a VPN na suas redes (exemplo no Windows 7, mas vale também para Windows 8).

    image

    4 – Clique em cima da VPN, e aparecerá a tela abaixo.

    SNAGHTML6d4a5a

    5 – Quando estiver autenticado, aparecerá no Windows Azure Virtual Network a mensagem abaixo.

    image

    6 – Pronto !!

     

    abs e T+
    Condé

    Versão 2.0

Page 1 of 1 (2 items)