Windows Release Preview: o sexto Platform Preview do IE10

IEBlog Português

Blog da equipe de engenharia do Windows Internet Explorer

Windows Release Preview: o sexto Platform Preview do IE10

  • Comments 0

Com o IE10 no Windows 8, nós reinventamos o navegador. Nós projetamos e criamos o IE10 para ser a melhor maneira de se ter uma experiência na Web completa com o Windows. Os consumidores agora podem aproveitar aplicativos Web mais fluidos, rápidos e fáceis de usar com o toque com o mecanismo do IE10 atualizado incluído no Windows Release Preview. Este sexto Platform Preview do IE10 fornece melhor desempenho e suporte para HTML5 que prioriza o toque, bem como um novo Adobe Flash Player otimizado e fácil de usar com o toque que permite que o conteúdo em sites compatíveis sejam reproduzidos no navegador da Web estilo Metro. O IE10 também envia o sinal “Do Not Track” (Não rastrear) aos sites por padrão para ajudar os consumidores a proteger sua privacidade.


Este vídeo mostra alguns aperfeiçoamentos de desempenho e toque no sexto Platform Preview do IE10, parte do Windows Release Preview.
(Este vídeo também está disponível no Channel 9)

Você pode ler mais sobre os aperfeiçoamentos da experiência de navegação estilo Metro no blog Criando o Windows 8. O restante desta postagem discute o mecanismo HTML5 subjacente.

O Windows 8 inclui um mecanismo de navegação HTML5 que melhora as experiências de navegação (a do estilo Metro e da área de trabalho), bem como aplicativos estilo Metro que usam HTML5 e JavaScript. O mecanismo HTML5 comum oferece um forte suporte para os padrões da Web e um modelo de programação da Web sempre rápido, seguro e avançado para as duas experiências de navegador, bem como para aplicativos estilo Metro.

Os consumidores experimentam essa capacidade com páginas fáceis de usar com o toque e com grande capacidade de resposta que, com segurança, aproveitam o hardware subjacente. Alguns exemplos que você pode experimentar no site de "test drive" do IE com o Consumer Preview incluem o Chalkboard Benchmark para ações de toque comuns, como movimento panorâmico e zoom, e uma página da Web habilitada para multitoque para manipular fotos e imagens. Você pode ler a lista completa no guia do desenvolvedor do IE10.

Adobe Flash fácil de usar com o toque no Internet Explorer 10 estilo Metro

O Windows 8 Release Preview inclui um novo Adobe Flash Player otimizado e fácil de usar com o toque. O conteúdo do Adobe Flash em sites compatíveis agora são reproduzidos no IE10 estilo Metro. O IE10 estilo Metro com Flash no Windows 8 permite que as pessoas vejam mais conteúdo da Web funcionando com alta qualidade, especialmente comparado à experiência em outras situações de tablet ou que priorize o toque.

Acreditamos que ter mais sites que "funcionem perfeitamente" no navegador estilo Metro melhora a experiência para os consumidores e também para as empresas. Normalmente, o dispositivo principal que você sempre carrega consigo deve reproduzir o conteúdo da Web nos sites que confia. Caso contrário, ele seria apenas um complemento para um PC. Como alguns sites populares exigem Adobe Flash e não oferecem alternativas de HTML5, a Adobe e a Microsoft trabalharam juntas para fornecer um Flash Player apropriado para a experiência estilo Metro.

O IE10 na área de trabalho do Windows e o IE estilo Metro usam o mesmo Flash Player integrado, sem haver necessidade de baixar ou instalar um player adicional. O IE10 na área de trabalho fornece o mesmo suporte completo a Flash que as versões anteriores do IE que contavam com o plug-in Flash Player e continua a dar suporte a esses plug-ins. O navegador estilo Metro ainda não dá suporte a outros plug-ins e controles ActiveX separados.

Embora qualquer site possa reproduzir conteúdo Flash no IE10 na área de trabalho do Windows, apenas os sites que estão na lista do CV (Modo de Exibição de Compatibilidade) podem reproduzir conteúdo Flash dentro do IE estilo Metro. Colocamos sites com conteúdo Flash na lista do CV quando ele fornece a melhor experiência do usuário no IE estilo Metro nesses sites. Por exemplo, qual a capacidade de resposta do conteúdo ao toque? Ele funciona bem com o teclado virtual ou afeta a vida útil da bateria? Os prompts visuais seguem as diretrizes da experiência do usuário estilo Metro? Os sites que contam com recursos (por exemplo, sobreposições e a funcionalidade P2P) que não têm suporte dentro da experiência estilo Metro e não se degradam naturalmente na sua ausência funcionam melhor no IE com Flash na área de trabalho. Os desenvolvedores de sites continuam a controlar o conteúdo que fornecem aos navegadores. Eles podem enviar conteúdo HTML5 para o IE estilo Metro ou expressar sua preferência de que o IE estilo Metro solicite que os usuários executem o site na área de trabalho (veja os detalhes aqui).

Uma boa experiência de Flash Player faz parte de uma experiência "sem abrir mão de nada" em todos os formatos de PC, inclusive PCs especificamente de toque que executam o Windows 8. Recebemos comentários de clientes sobre sua experiência com sites que não oferecem HTML5. Por exemplo, visite pbskids.org em um iPad. Algumas soluções de força de trabalho, como Beeline, exigem Flash. Alguns sites de gerenciamento financeiro, como este, exigem Flash. E alguns sites ainda fornecem a melhor experiência com Flash, como o youtube.com.

A Adobe e a Microsoft adicionaram suporte a gestos de toque, como dois toques ou pinçar para aplicar zoom, que funcionam de forma consiste em HTML5 e Flash. As empresas trabalharam juntas para desabilitar a funcionalidade Flash de área de trabalho que é incompatível com o toque, como sobreposições, dentro da experiência estilo Metro. Boa parte das outras funcionalidades Flash funcionam bem com o toque.

Juntas, também melhoramos a vida útil da bateria com um suporte melhor para PLM na experiência estilo Metro. O Flash no Windows, durante um bom tempo, deu suporte ao descarregamento da atividade de vídeo que potencialmente esgota a bateria em hardware de vídeo especializado (link). Esse trabalho melhora a capacidade de resposta e também o desempenho.

A Adobe e a Microsoft trabalham juntas há bastante tempo para resolver problemas de segurança e confiabilidade (por exemplo aqui e aqui), compartilhando práticas recomendadas como o SDL/SPLC e ASLR, bem como informações sobre paradas e falhas. Ao atualizar o Flash com o Windows Update, assim como o IE, tornamos a segurança mais conveniente para os clientes. A Microsoft e a Adobe continuam comprometidas em atender as expectativas dos clientes do Windows em relação à entrega de atualizações de segurança. Também estamos trabalhando para melhorar a acessibilidade, capacidade de gerenciamento e privacidade.

O Flash Player incluído no Windows 8 baseia-se na implementação completa do PC e não em um subconjunto móvel limitado, e há um caminho melhor para torná-lo disponível nas novas arquiteturas de chip com suporte no Windows 8. A Adobe está trabalhando para fornecer esse mesmo suporte a Flash Player para o IE estilo Metro em x86 e x64 e a entrega inicial de PCs com Windows RT (Windows executado em processadores ARM).

Para a comunidade de desenvolvimento, a continuidade da plataforma e a escolha da tecnologia são importantes. O Flash no IE10 estilo Metro fornece uma ponte para os sites existentes fazerem a transição para as tecnologias HTML5 quando necessário e em um ritmo adequado às experiências que eles desejam fornecer aos clientes. O HTML5, atualmente, não dá suporte, por exemplo, a alguns cenários de jogos e conteúdo de vídeo premium.

Nas próximas semanas, forneceremos informações técnicas adicionais por meio dos canais de documentação normais, como o MSDN e o Adobe Developer Connection. Esses detalhes incluirão como os desenvolvedores podem testar o conteúdo Flash em seus próprios sites no IE estilo Metro e como enviar seus sites para consideração na lista do CV. Essa documentação também incluirá um guia de práticas recomendadas para ajudar desenvolvedores, designers e publicadores de conteúdo a criar experiências com Flash que sejam bem reproduzidas no IE estilo Metro. Essas práticas recomendadas complementarão as recomendações existentes sobre criação de sites HTML5 fáceis de usar com o toque.

"Do Not Track" por padrão no IE do Windows 8

No Windows 8, o IE10 envia um sinal "Do Not Track" (Não rastrear) aos sites por padrão. Os consumidores podem alterar essa configuração padrão se desejarem. Essa decisão reflete o nosso compromisso em fornecer aos clientes do Windows uma experiência "particular por padrão" em uma era em que muitos dados do usuário são coletados online. O IE10 é o primeiro navegador a enviar um sinal DNT ("Do Not Track") por padrão.

Ao alterar a configuração padrão Do Not Track no IE10, estamos ampliando nosso compromisso de fornecer aos consumidores uma ótima experiência no Windows. E, caso as empresas não respeitem o sinal Do Not Track, o IE 10 continuará a incluir o suporte à lista Proteção contra Rastreamento para ajudar os consumidores a bloquear rastreamento indesejado com dois cliques. Mesmo que algumas pessoas digam que essa alteração é exagerada e outras que não é suficiente, achamos que é um avanço e que os consumidores se beneficiarão com produtos que são criados tendo em mente sua privacidade, em vez daqueles projetados basicamente para coletar seus dados.

Você pode ler mais sobre outras iniciativas com DNT em andamento aqui.

Prefixos de fornecedor e como tornar estável a Web experimental

Com o Release Preview do Windows 8, o IE10 inclui o suporte a versões com prefixo sem fornecedor de padrões que atingiram o status de CR (Candidate Recommendation) desde o Windows 8 Consumer Preview ou que deveriam atingi-lo em 2012.

Com essa alteração, o IE10 torna mais fácil para os desenvolvedores da Web escrever uma marcação que funcione consistentemente em diferentes navegadores. Especificamente, o IE10 agora dá suporte aos seguintes padrões de rascunho W3C em seu formulário sem prefixo, começando com o Release Preview: transições CSS, transformações, animações, gradientes e propriedade de CSS Fonts font-feature-settings, bem como APIs de plataforma, como a API de banco de dados indexada (IndexedDB) e requestAnimationFrame().

Selecionamos esses padrões depois de examinar todos os padrões de rascunho W3C com suporte no IE10 e buscar padrões que fossem estáveis (sem esperar uma renomeação ou remoção de propriedades/valores significativa), tivessem suporte, fossem interoperáveis pelo menos nos dois últimos navegadores antes do IE10, nos casos de uso essencial de recursos, e já fossem usados na Web, inclusive em seu formulário sem prefixo.

Os fornecedores de navegador, em geral, removem o prefixo de fornecedor quando uma especificação atinge o CR. Para compatibilidade com sites e aplicativos desenvolvidos usando o Windows 8 Consumer Preview e que dependem do prefixo de fornecedor da Microsoft, o IE10 continua a dar suporte aos -ms- formulários com prefixo de fornecedor também. Observe que o IE10 continua a dar suporte apenas ao formulário com prefixo de fornecedor de vários outros padrões, porque essas especificações ainda não são suficientemente estáveis e interoperáveis, por exemplo CSS Flexible Box Layout.

Como prática recomendável, os desenvolvedores normalmente adicionam uma versão sem prefixo de uma propriedade para uma "comprovação futura" de suas páginas. O seguinte conjunto de declarações agora está pronto para os futuros navegadores com suporte a transformações CSS sem prefixo:

-webkit-transform: rotate(30deg);

-moz-transform: rotate(30deg);

-ms-transform: rotate(30deg);

-o-transform: rotate(30deg);

transform: rotate(30deg);

Outras alterações importantes de plataforma

No Release Preview, continuamos a melhorar o desempenho. As páginas da Web devem apenas "obedecer" e permanecer rápidas e fluidas ao fazer o movimento panorâmico, aplicar zoom e colocar em escala o conteúdo. O Chalkboard Benchmark mostra os resultados de uma parte de nosso trabalho de desempenho. Ele mede a eficiência com que um navegador pode executar essas ações de toque comuns ampliando e reduzindo um "quadro-negro" e fazendo o movimento panorâmico para a esquerda, para a direita, para cima e para baixo. O desempenho do IE10 aqui é um ótimo exemplo da aceleração de hardware do Internet Explorer em ação.

Os aperfeiçoamentos de desempenho contribuem para fornecer um excelente suporte ao toque, por exemplo, com a composição totalmente independente de conteúdo de páginas da Web (elementos fixos, subcontroles de rolagem, animações e vídeo). Também melhoramos o desempenho em hardware inferior; sites intensos agora apresentam muito menos intermitência e oscilação em hardware inferior. Esses aperfeiçoamentos tornam ainda melhor o suporte do IE10 à reprodução de vídeo em tela inteira (tanto em vídeo HTML5 como no Adobe Flash Player).

Continuamos a melhorar o desempenho do mecanismo Chakra JavaScript. Aplicativos Web com uso intenso de JavaScript, como jogos HTML5, se beneficiarão com o JIT baseado em perfil dinâmico, geração de código especializado por tipo para números de ponto flutuante, expansão de inlining de função e um ajuste maior para reduzir o volume de memória ociosa e as pausas observáveis devido à coleção de lixo.

Também melhoramos o suporte a padrões de várias maneiras. O IE10 agora dá suporte a caracteres IVS/Emoji e à classList API e os novos valores reverse e alternate-reverse da propriedade CSS animation-direction. As exceções DOM correspondem à especificação W3C WebIDL, e os desenvolvedores podem usar um construtor para criar objetos Blob, de acordo com a especificação W3C. Também removemos os filtros DX herdados de todos os modos.

Os aplicativos e sites HTML5 podem fazer mais com o toque nas APIs MSGesture que fornecem manipulação de eventos de gesto que podem ser instanciados.

Uma Web melhor hoje e no futuro

Ainda há várias outras oportunidades para melhorar sites e aplicativos com HTML5. Elas são um estímulo para todos na Web.

Para chegarmos a essa Web rapidamente, continuamos a recomendar que os desenvolvedores atualizem padrões antigos e desatualizados de seus sites. Na lista do CV, você pode encontrar exemplos de sites que precisam de shim porque usam bibliotecas desatualizadas (por exemplo, aqui) ou contam com a detecção de navegador, e não de recurso. Os relatórios de problemas de compatibilidade que recebemos têm mais a ver com sites que detectam o IE e lhe enviam conteúdo diferente de outros navegadores do que com qualquer outro tipo de problema no IE. Os desenvolvedores podem encontrar padrões de exemplo de código de detecção de recursos em várias postagens de blog do IE, inclusive nesta.

A qualidade e a precisão dos mecanismos HTML5 de diferentes navegadores continuam variando muito. Enviaremos atualizações para casos de teste ao W3C para todos os recursos atualmente com suporte no IE10 sem um prefixo. Como membros e coeditores do CSS Working Group, trabalharemos com nossos colegas para transferir essas especificações para o Candidate Recommendation. Continuamos a contribuir com os conjuntos de testes em desenvolvimento em órgãos de normalização do HTML5 para atingirmos a meta de interoperabilidade e marcação única. Enviamos e atualizamos mais de 240 testes para eles que você pode exibir na central de testes do IE também. Conforme diferentes navegadores melhorarem o suporte à mesma marcação para produzir os mesmos resultados, poderemos concretizar a promessa do HTML5.

Encontre uma lista completa das novas funcionalidades disponíveis para os desenvolvedores no guia do desenvolvedor do IE10 aqui. Baixe o Windows 8 Release Preview para testar essa atualização do IE10. Esperamos manter essa interação constante com a comunidade de desenvolvedores e aguardamos os seus comentários no Connect.

―Dean Hachamovitch, vice-presidente corporativo, Internet Explorer

  • Loading...