Desde que foi lançado, o Windows Azure oferece opções aos desenvolvedores. Ele permite o uso de múltiplas linguagens (como .NET, PHP, Ruby e Java) e ferramentas de desenvolvimento (como Visual Studio e Eclipse) para a criação de aplicativos que rodem  no Azure ou que utilizem qualquer um dos serviços da plataforma Windows Azure a partir de outra plataforma de cloud computing ou on-premises. Os desenvolvedores Java tiveram algumas opções para utilizar o Windows Azure, como Windows Azure SDK para Java ou a Solução de Acelerador Tomcat.

Durante o PDC10, apresentamos nosso plano de aprimorar a experiência dos desenvolvedores Java no Windows Azure.  E, no final de fevereiro, lançamos um CTP (Community Technology Preview) do Windows Azure Starter Kit para Java, que permite que os desenvolvedores Java simplesmente configurem, empacotem e instalem seus aplicativos web no Azure. O objetivo desse CTP é obter feedback dos desenvolvedores para conseguir “esculpir” a experiência correta para eles – e principalmente ter certeza que a configuração, empacotamento e implantação no Windows Azure possam ser facilmente integrada às práticas comuns desses profissionais.

O que é o Windows Azure Starter Kit para Java?

O Starter Kit foi desenvolvido para trabalhar como ferramenta de linha de comando única ou no ambiente integrado de desenvolvimento (IDE) do Eclipse.  Ele utiliza Apache Ant como parte do processo de construção, e inclui uma extensão Ant capaz de entender as opções de configuração do Windows Azure.

O Windows Azure Starter Kit para Java é um projeto open source lançado sob a licença Apache 2.0 e está disponível para downlod em http://wastarterkit4java.codeplex.com/.

Quer saber mais detalhes ou o que vem dentro do Windows Azure Starter Kit para Java? Neste post publicado no blog Interop@Microsoft os desenvolvedores podem conferir em detalhes, com muitas imagens e informações, o projeto de serviços em cloud do Windows Azure.