S SDay_LiveServices_RogerioC

Pessoal,

Ontem, dia 9 de dezembro aconteceu aqui na Microsoft o evento Microsoft S+S Day. O objetivo do evento foi trazer para o Brasil uma visão do Windows Azure, lançado no PDC 2008 e seus serviços.

As sessões apresentadas foram:

  • Software + Serviço: o que há de novo após o PDC 
    Waldemir Cambiucci - Arquiteto de soluções da Microsoft
  • Windows Azure: uma introdução 
    Otávio Coelho - Arquiteto de soluções da Microsoft
  • Windows Azure e o projeto Geneva: identidade na nuvem 
    Markus Christen - Arquiteto de infra-estrutura da Microsoft
  • Windows Azure: dados na nuvem com o SQL Services 
    Waldemir Cambiucci - Arquiteto de soluções da Microsoft
  • Windows Azure: serviços na nuvem com o .NET Services 
    Rafael Godinho - Especialista em desenvolvimento da Microsoft
  • Windows Azure: Live Services 
    Rogerio Cordeiro - Especialista em desenvolvimento da Microsoft
  • Por que e quando usar os novos Serviços Online da Microsoft? (Sessão de perguntas e encerramento )
    Otávio Coelho - Arquiteto de soluções da Microsoft

Como vocês notaram na agenda, eu apresentei a sessão sobre o Live Services.
As principais mensagens destacadas na minha apresentação foram:

  • Aplicações Web para Mesh Estendem Sites Web para o Desktop
  • Mesh Sincroniza Aplicações e Dados
  • Várias Aplicações podem ter benefícios com o Live Framework
  • Usuário tem o Controle Total de suas Aplicações e Dados

Comecei falando sobre o ciclo de criação e volume de dados que nós como usuários criamos todos os dias através de aplicações, mais a necessidade destes dados estarem perto das pessoas e em seus dispositivos (celulares, PC's de casa e do trabalho). Esse ciclo eu apresentei como a necessidade das pessoas criarem, utilizarem e compartilharem seus dados (fotos, documentos, planilhas) com a mesma experiência de utilização nos vários tipos de dispositivos. (imagem abaixo).

image

Na seqüência fiz uma revisão dos serviços Live que já existiam antes do lançamento do Azure. Utilizei os mesmo material que apresentei em duas sessões no TechEd 2008. Aqui você está meu post sobre estas sessões no TechEd Brasil 2008. (imagem abaixo é um resumo dos serviços).

S SDay_LiveServices_RogerioC

Então, segui para a parte da sessão mais esperada que é o Live Services. De maneira resumida, o Live Serives são blocos prontos para manusear dados de usuários e recursos de aplicação os quais você pode conectar a sua aplicação com centenas de milhares de usuários. O grande destaque para o Live Services é a possibilidade de transformar as minhas aplicações mais sociáveis, onde eu como usuário tenho a possibilidade de compartilhar minhas preferências, por exemplo, para os meus contatos do Messenger. Ou eu como empresa tenho a capacidade de explorar centenas de milhares de usuários que utilizam estes serviços para indicarem meus produtos para outras pessoas (contatos). (imagem abaixo mostra a estrutura dos blocos comentados).

image

Para desenvolver soluções utilizando o Live Services nós temos o Live Framework que, resumindo é a maneira uniforme de programar para Live Services de uma variedade de plataformas, linguagens de programação, aplicações e dispositivos. O Live Framework está baseado em 3 componentes distintos:

  • Live Operating Environment (Ambiente de Operação do Live)
  • Resource Model (Modelo de Recursos)
  • Programming and application model (Modelo de programação e aplicação)

Outro destaque aqui é a base do Resource Model, o Mesh. Para quem não conhece ainda o Mesh sugiro entrar no site e experimentar essa nova maneira de compartilhar arquivos entre vários dispositivos e agora criar aplicativos que aproveitam toda a nossa experiência no desenvolvimento para web no desktop. (imagem abaixo mostra os principais componentes do Live Framework).

image

Finalizando, fiz 4 demonstrações de uso do Live Framework com o Visual Studio 2008. O Angus Logan (Technical Product Manager for Live Services) tem um vídeo que mostra como preparar o ambiente de desenvolvimento para o Live Framework. Veja aqui este video.

Segue aqui o material que utilizei para a minha apresentação.

Para fechar o meu post, gostaria de destacar outro belo post que Waldemir Cambiucci fez sobre como é o desenvolvimento para o Live Services e o Windows Azure.

Bons códigos e até o próximo post!