clip_image001 image

Pessoal,
Ontem, 19 de outubro, foi lançado o Visual Studio 2010 e .NET Framework 4. 0 Beta 2. Por enquanto o download está liberado para os assinantes do MSDN. Na próxima quarta-feira, dia 21 de outubro, o download terá disponibilidade pública através do novo site do produto.

Muitas novidades chegaram para este beta, começando com o novo logo do Visual Studio:

VS_h_rgb

As grandes novidades são as ferramentas para arquitetura, testes e colaboração que ajudarão a garantir maior controle no processo de desenvolvimento, código estável e seguro, menos retrabalho e melhor comunicação entre membros da equipe. Ferramentas específicas para testadores criarem plano de testes e executarem suas atividades diárias como testes manuais, automatizados e carga estão presentes nessa nova versão do produto. Uma das grandes novidades é a possibilidade de gerenciar um ambiente virtualizado para testes, isso ajuda a enfrentar o desafio de ‘bugs não reproduzíveis’, onde o testador conseguirá anexar à atividade de correção de um ‘bug’ várias informações do ambiente, e se necessário anexar a máquina virtual para que o desenvolvedor consiga reproduzir o erro rapidamente.

Muitas melhorias foram feitas para facilitar o desenvolvimento para Silverlight, WPF, SharePoint e sem dúvida total suporte para desenvolvimento para Windows 7. A completa integração com a plataforma de aplicação Microsoft continua sendo o grande diferencial, porem grandes novidades como suporte a diagramas UML (engenharia reversa) e SCM e Testes multiplataforma chamam a atenção das empresas que possuem um ambiente heterogêneo.

Com o .NET Framework 4, os desenvolvedores tem opção de um instalador muito menor, com redução de até 81% do tamanho do framework usando o “Client Profile”. Outros benefícios do .NET Framework 4 para desenvolvedores incluem uma nova linguagem DLR (Dynamic Language Runtime), o suporte a “middle-tier applications” para alto desempenho como “parallel programming”, “workflow” e “service-oriented applications”. Existe total compatibilidade com versões anteriores através de instalações simultâneas e paralelas do .NET Framework 3.5 e 4.0.

Destacando algumas das novidades do Visual Studio 2010 e .NET Framework 4.0 Beta 2:

Desenvolvimento para Sharepoint
Agora,  o SharePoint Designer está integrado no Visual Studio de 2010 com muitos recursos para a criação de aplicativos do SharePoint. Destaque para a depuração avançadas, IntelliSense e modelos de projeto para os aplicativos no Sharepoint, mais os benefícios das ferramentas avançadas baseadas no .NET Framework e das linguagens de programação, pois os projetos de SharePoint podem ser desenvolvidos usando Visual Basic ou Visual C#.

Silverligh e WPF Data Binding no Visual Studio 2010
Drag and drop (arrastar e soltar) para data binding (ligação de dados) para aplicativos WPF. Depois de adicionar uma fonte de dados para o seu projeto, você pode gerar os controles  Windows Presentation Foundation (WPF) ligados a dados arrastando itens da janela Data Sources para o WPF Designer.

Experiencia na escrita de código com linguagens gerenciadas
Linguagens Visual C# e Visual Basic continuam a evoluir e se esforçam para simplificar a programação e implantação com as APIs do Microsoft Office e permitir a interoperabilidade com linguagens dinâmicas. O Visual F # é uma nova linguagem de programação que combina a programação funcional, orientada a objeto e explorative programming para fornecer uma linguagem sucinta, expressiva e escalável para. NET. Na área de ferramentas, o Visual Studio de 2010 oferece um maior suporte para Test-Driven Development, onde os testes são escritos antes do código do produto com uma abordagem iterativa para design de software.

Parallel Computing
As Parallel Extensions para o .NET Framework 4 e o Concurrency Runtime para o Visual C++ 2010 permitem que os desenvolvedores aproveitem a computação paralela. Com o uso destes frameworks, os desenvolvedores poderão escrever aplicativos que serão dimensionados automaticamente e com eficiência, de acordo com os números de núcleos e processadores. Ao evitar as complexidades de modelos de programação voltada para o segmento, as novas bibliotecas paralelas simplificam a produção de código paralelo e permitem que os desenvolvedores tirem proveito do hardware.

Extensibilidade do Visual Studio
Baixar e gerenciar as extensões nunca foi tão fácil. Agora, a capacidade de localizar e baixar sua extensão favorita estão integrados em caixas de diálogo como o diálogo New Project. Configurar, gerenciar e desinstalar extensões é muito mais fácil por meio do novo Gerenciador de extensões. Você pode obter acesso total ao grande ecossistema de extensões usando o Visual Studio, bem como uma experiência on-line usando o Visual Studio Gallery.

Office Development no Visual Studio 2010
Funcionalidades aprimoradas de desenvolvimento para o Office. Agora você pode implantar várias soluções do Office em um pacote que irá aparecer como uma única entrada no Adicionar/remover programas no Windows XP ou programas e recursos no Windows Vista e Windows 7. O Visual Studio de 2010 permite que você execute ações adicionais após a instalação de solução do Office está completa, como cópia de documentos ou pastas de trabalho para o computador do usuário final, criar as chaves do registro extra ou modificar um arquivo de configuração.

Workflow Foudation (WF)
Workflow Foundation (WF) vem com aprimoramentos significativos nesta versão, como explicit data model e fully declarative experience para um novo estilo de modelagem de fluxograma, maior integração com Windows Communication Foundation (WCF) e melhoria de desenpenho da engine de runtime.

Mais informações na página do Visual Studio.

Bons códigos e até o próximo post!