Artigo original publicado na sexta-feira, dia 31 de agosto de 2012

Olá, meu nome é Kevin Beto, gerente de testes da equipe de BI do Office e coautor de Microsoft PerformancePoint Services for SharePoint 2010 UNLEASHED. Gostaria de falar sobre algumas das alterações que fizemos para oferecer suporte à funcionalidade de "mudança de aparência" do SharePoint fornecida no SharePoint 2013.

Como alterar seu tema
A alteração do tema é bastante simples quando você possui permissões do nível "Proprietário" no site. A primeira coisa necessária é acessar a página Configurações do Site, encontrada sob o pequeno ícone de engrenagem no canto superior direito do site do SharePoint:
Selecione "Alterar a aparência" na seção "Aparência":

Selecione "Alterar a Aparência" para começar


A partir daí, será exibida uma galeria com alguns temas padrão. Particularmente, o do mostro marinho é o meu favorito, mas você pode escolher o tema que preferir. É possível até mesmo publicar seus próprios modelos para ter mais opções. Clique em um tema que deseja usar:

Temas para seleção no SharePoint

Neste momento, você verá uma visualização bem tênue do que o tema traz e terá a opção de ajustá-lo um pouco caso esteja com criatividade. Vá em frente e clique no botão "Experimente" no canto superior direito.

Você verá uma visualização dos detalhes do tema

A partir daqui, você poderá visualizar a aparência do novo tema. Vá em frente e aceite-o clicando no botão "Manter" no canto superior direito para tornar a alteração permanente em todo o site.

Você também poderá visualizar o tema antes de aceitá-lo

Scorecards
Sendo um pai relativamente novo, quero me certificar de que meus filhos tenham nomes exclusivos, mas não tanto a ponto de serem as únicas pessoas no mundo com aquele nome. E como sou um nerd consumado, fiz um scorecard que avaliava o nível de exclusividade dos nomes nos Estados Unidos. Veja esse scorecard com o tema "Cidade":

Os scorecards também permitem a visualização dos temas
 
Se os realces rosa-choque não representam exclusividade, não sei o que mais representaria! Como você pode ver, o grande estado de Washington está bem no meio no que se refere à exclusividade de nomes na região oeste dos EUA em 2010. Temos cerca de 2200 nomes exclusivos em 2010, bem atrás dos 6700 da Califórnia, mas bastante à frente dos 300 de Wyoming. Posso obter mais detalhes a respeito disso e ver o tema continuar em minha página "Mostrar Detalhes".

O tema também aparece na página de detalhes
 
Veja uma lista gerada pelo PerformancePoint que posso exportar para o Excel e desenvolver ainda mais.

Grades analíticas
Caso eu queira ver informações específicas sobre os nomes escolhidos para meus filhos, uma grade analítica é uma opção muito melhor. Veja a aparência dessas grades com o tema do monstro marinho:

Temas com base em grades analíticas
 
Eu adoro o novo plano de fundo, ele dá uma aparência muito melhor do que o branco absoluto de 2010. Os dados estão me dizendo que talvez tenhamos ido longe demais com o nome de Vincenzo, pois apenas outros seis garotos receberam esse nome em Washington no ano de 2010. Bem... Ao menos ele poderá se mudar para a Califórnia depois que crescer, caso queira fundar um clube.

Também ampliamos os temas para os filtros, assim:

Os filtros também pegam os temas

Limitações
Obviamente, como gerente de testes, eu e minha equipe dedicamos um grande tempo na detecção de problemas com os produtos, e há alguns locais específicos que gostaríamos de chamar atenção, pois o recurso não funciona bem.

Gráficos analíticos – As alterações de temas não se aplicam a gráficos analíticos. Tomamos essa decisão por motivos técnicos. Como ele é renderizado como uma imagem, ocorreria uma viagem extra ao servidor, o que afetaria o desempenho. Tentamos tomar decisões sensatas com relação aos padrões para que eles fiquem bons com a maioria dos temas, mas há alguns que não ficam. Caso você se depare com algum grande problema, não deixe de nos informar e, nesse meio-tempo, recomendo que você tente implementar seu painel usando os relatórios dos Serviços do Excel, pois adicionamos novos recursos de exploração ad hoc que oferecem uma experiência semelhante no SharePoint 2013. Ou, caso queira uma experiência mais personalizada, os relatórios do Reporting Services também dão conta do recado.

Árvores de decomposição também não herdam alterações de tema. Esse recurso é implementado no Silverlight, por isso, os estilos de temas não estão (necessariamente) diretamente correlacionados aos conceitos deste recurso, aparecendo em uma janela separada quando você o visualiza. Você sempre obterá o plano de fundo branco neste recurso e a experiência clássica conhecida e adorada.

Conclusão
Obrigado por ler este artigo e mantenha a comunicação na seção de comentários. Adoraria saber a respeito de suas experiências (boas e ruins), tanto com este recurso quanto experiências gerais com as ofertas de BI da Microsoft.

Kevin Beto
Gerente de testes, BI do Office

Este é um post localizado. O artigo original está em Changing the Look of your PerformancePoint Dashboards with SharePoint Themes