Desenvolver ou manter software, normalmente, não é a principal atividade de uma empresa da área de manufatura, comércio, indústria, etc., por isso a terceirização tem sido o caminho natural para que essas empresas evoluam as aplicações que suportam seus processos de negócio.

A relação entre empresas que contratam serviços e as fábricas de software é cercada de cuidados, cláusulas contratuais, acordos de SLA, etc.

Clientes que consideram o fluxo de trabalho de uma fábrica uma “caixa preta” e fábricas que “reclamam” que seus clientes não especificam requisitos de forma apropriada, pedem uma mesma alteração inúmeras vezes, tornando essa relação, muitas vezes, “tensa”.

Tornar essa relação mais harmoniosa é uma das propostas da Microsoft ao convidar clientes e parceiros a adotarem o Team Foundation Server como infraestrutura para aperfeiçoar o processo de contratação e acompanhamento de atividades.

Com estratégias e processos distintos, FCamara, IT Lab e Programmer’s adotam Team Foundation Server para criar um ambiente unificado de gerenciamento e dar plena visibilidade ao cliente sobre a execução dos projetos.

Na ITLab, o TFS consolida a gestão de conhecimento, processos e códigos do desenvolvimento em múltiplas tecnologias. A Programmer’s explorou a flexibilidade do TFS para construção e gerenciamento de processos diferenciados, desenvolvidos pela empresa. Na FCamara, devido a urgência dos projetos, a combinação dos recursos de debug do Visual Studio Ultimate e o repositório único de TFS viabilizam a realização de transformações estruturais e emergenciais em aplicativos críticos, com riscos minimizados.

Embora as prioridades e os diferenciais variem entre essas empresas, todas buscam um relacionamento mais produtivo e transparente com seus clientes.

Situação

A FCamara, a IT Lab e a Programmer’s desenvolvem aplicações e prestam serviços de software críticos para clientes corporativos.

Devido à dimensão e à complexidade dos projetos, gerenciar os aspectos técnicos, funcionais e os acordos com os clientes implica na articulação de múltiplas bases de informação, da especificação à entrega, passando por gestão de projetos, workflows, testes e outros requisitos. As três fábricas de software, que trabalham com metodologias, prioridades e tecnologias distintas, tinham uma lacuna em comum: precisavam de uma solução completa de Gerenciamento do Ciclo de Vida de Aplicações (ALM), tanto para otimizar a organização quanto para estabelecer um relacionamento mais transparente com os contratantes.

“Em alguns ambientes de desenvolvimento, tínhamos relatórios rápidos, enquanto em outros casos o gestor tinha que se virar para extrair as informações relevantes de uma série de planilhas. Por mais que padronizemos os processos, ficava difícil amarrar tudo com vários repositórios de informação”, conta Fábio Hirota, diretor da IT Lab.

A empresa tem sua carteira de clientes dominada por companhias farmacêuticas e financeiras, além de ser provedora em projetos avançados de comércio eletrônico, com múltiplas linhas de desenvolvimento, como Java e .NET.

“Em algumas ofertas, vemos uma ferramenta para gerenciamento de requisitos, outra para controle de versões, uma terceira para testes... Na hora em que o cliente quer um relatório, é complicado integrar os indicadores relevantes. Em outros casos, vimos frameworks que impõem processos determinados. Mas as fábricas de software já têm seus processos definidos e querem ferramentas que se adequem a eles, não o contrário”, afirma Hirota, da IT Lab, que, na busca por uma solução de ALM, custou a encontrar aderência a suas necessidades.

A aderência aos processos mais adequados à estratégia dos projetos também é crítica para a Programmer’s, provedora de fábrica de software, outsourcing e aplicações embarcadas. Há alguns anos, a organização adotou o modelo Scrum (baseado em pequenas equipes multidisciplinares, com controles muito granulares dos processos).

“O Scrum nos ajuda a entregar mais valor de negócio aos nossos clientes, respondendo com agilidade às mudanças que sempre ocorrem no decorrer dos projetos. Por outro lado a adoção do TFS, desde sua primeira versão, permite que tenhamos a governança total do projeto: custo, prazo, escopo e qualidade, com o mínimo de overhead possível”, conta Alexandre Campos, gerente de ALM da Programmer’s. “Foi uma transição suave aproveitando o que já tínhamos organizado. O TFS é uma ferramenta muito flexível para se adaptar a qualquer modelo”, destaca.

A FCamara é uma consultoria especializada em diagnóstico e correção de aplicações, que também conta com um time de programadores. Em grande parte dos casos, a empresa é chamada quando o cliente enfrenta problemas urgentes em serviços críticos ao negócio.

“Atuamos muito com o perfil de bombeiros”, resume Fábio Câmara, diretor da consultoria. “Quando o portal não funciona, o sistema fica lento e não se vê o motivo, entramos com nossa especialização em descobrir gargalos, com as ferramentas de debug e teste do Visual Studio Ultimate”, esclarece. “Á medida que a ferramenta aponta defeitos de codificação, ou em chamadas ao banco de dados, fazemos o que chamamos de 'refactoring': mantemos a lógica e refazemos o software”, exemplifica.

Solução

Com o TFS, a IT Lab unificou os processos de desenvolvimento, feito em Java, ou .Net. Fábio Hirota conta que essa facilidade não apenas proporcionou um salto de maturidade (com otimização de produtividade, qualidade e governança) à organização, como também permite grandes melhorias no relacionamento com o contratante. “Em um projeto, publicamos um portal em que o cliente podia ver os requisitos, a documentação e acompanhar o que já foi feito”, exemplifica.

Junto às funcionalidades do Visual Studio Ultimate, utilizadas para fazer verdadeiros “tratamentos de canal” nos aplicativos, a FCamara sustenta toda a gestão de conhecimento e de processos no TFS. “O servidor é o repositório unificado desde a fase de levantamento do ambiente. Todos os códigos cobertos são cadastrados e a própria ferramenta gera os relatórios consolidados”, diz Fábio Câmara.

Logo no início da implementação do Scrum, a Programmer’s pesquisou as melhores práticas internacionais, mas viu que nenhum conjunto pré-formatado de processos atenderia plenamente sua estratégia. “O que tinha pronto não era aderente. Então criamos nossos próprios processos no TFS”, conta Alexandre Campos.

Benefícios

Na IT Lab, o TFS viabilizou uma padronização dos processos, que facilita muito a disseminação das melhores práticas e a colaboração entre os diversos especialistas em desenvolvimento.

Junto aos ganhos para os gestores de projetos, o ambiente unificado de gerenciamento libera tempo dos profissionais – ao invés de precisar lidar com múltiplos estilos de controle e gestão, podem focar no aperfeiçoamento em programação e análise. Assim, a empresa alavanca o valor agregado de seus recursos humanos e aumenta a satisfação interna, pois os desenvolvedores se dedicam ao que lhes é relevante e motivador.

Embora o TFS seja um produto técnico, Fábio Hirota observa que, na prática, o TFS funciona como um forte instrumento de retenção, tanto dos profissionais mais comprometidos quanto dos próprios clientes. “Funcionalidades simples, como a unificação dos controles de fontes, já dão uma visibilidade muito eficaz sobre o andamento dos projetos”, menciona.

Para os clientes da FCamara, os processos de testes e debug apoiados no VSU e no TFS mitigam drasticamente os riscos relacionados a disponibilidade, provisionamento e performance dos sistemas, principalmente em ambientes transacionais com grandes flutuações de demanda.

“Há questões que só são percebidas no momento em que a aplicação toma um choque de realidade. Aí se descobrem erros e gargalos, que precisam ser resolvidos com a aplicação em produção”, constata Fábio Câmara. Pelo conjunto de certificações do consultor, e de sua equipe, a FCamara alinha os recursos do VSU e do TFS a sua especialização em SQL Server e ambientes .Net. “Somos capacitados para diagnosticar e otimizar, em profundidade, as aplicações que rodam os grandes portais de e-commerce e outros serviços complexos”, afirma.

A Programmer’s atua em projetos nas diversas verticais do mercado corporativo com equipes técnicas flexíveis organizadas em células Scrum. Nesse contexto, a alocação ágil de recursos e o gerenciamento dos projetos são críticos para a qualidade e sucesso dos projetos. “Por isso, fazemos tudo com suporte do TFS. De outra forma, seria complicado e arriscado”, reconhece Campos.

Assim como Fábio Hirota, da IT Lab, o gerente de ALM da Programmer’s constata, com base em seu cotidiano de interações com os clientes, fortes melhorias no atendimento e na satisfação. “As informações coletadas e disponibilizadas, os repositórios integrados, as métricas em tempo real e outras mudanças na forma de trabalhar trazem maturidade e melhoram a entrega, o cumprimento de prazos e expectativas oferecendo ainda grande transparência na comunicação. À medida que engajamos os clientes nessas transformações, eles também ganham a oportunidade de refinar suas próprias estratégias a partir da previsibilidade e do controle oferecidos (pelo provedor de serviços de software)”, recomenda Campos.

Empresas

FCamara - A empresa é especializada na formação de profissionais e projetos para Web (B2B, B2C, Redes Sociais e Portais). É fundamentada em consultoria, desenvolvimento, homologação e suporte para projetos de informática utilizando: Visual Studio Team System (ALM), SharePoint, .NET, FAST Search Engine e metodologias ágeis.
Saiba mais > www.fcamara.com.br

IT Lab - Especializada em desenvolvimento de software, análise, customização e implantação de sistemas corporativos e departamentais para grandes empresas dos segmentos financeiro, indústria farmacêutica, varejo (e-Commerce) e portais B2C, B2B e CMS (Content Management System), entre outros.
Saiba mais > www.itlab.com.br

Programmer’s - A empresa oferece soluções para empresas nas áreas de ALM, gerenciamento de identidade, portais e colaboração, user experience e inovação tecnológica. Oferece também serviços de desenvolvimento customizado de aplicações na forma de células Scrum.
Saiba mais > www.programmers.com.br

Conheça a solução utilizada pela FCamara, IT Lab e Programmers > www.microsoft.com/visualstudio/pt-br/solutions/management