Se você já  usou o Visual Studio, já sabe que ele é a mais completa ferramenta de desenvolvimento para a plataforma Windows.

Com o Visual Studio você pode desenvolver aplicativos para:

  • Windows Desktop (aplicativos Console, Windows Service, Windows Forms, Windows WPF, Silverlight OOB)
  • Windows 8 (Windows Store)
  • Windows Phone
  • Office
  • SharePoint
  • Web (ASP.NET)
  • Workflow
  • XBox
Além disso, de dentro do Visual Studio, você pode:
  • Fazer a gestão de projeto (requisitos, backlog, bugs)
  • Fazer diagramas de arquitetura
  • Programar seu banco de dados
  • Codificar
  • Fazer testes unitários
  • Fazer testes de desempenho
  • Analisar a qualidade de código
  • Refatorar código
  • Debugar aplicativos
Eu trabalho com o Visual Studio há mais de dez anos e ainda me impressiono toda vez que vou listar tudo o que é possível fazer com essa ferramenta!
Mas ainda assim, sempre existem áreas a serem exploradas, ferramentas de produtividade para fins específicos e etc, e é por esse motivo que o Visual Studio pode ser estendido com funcionalidades adicionais.
Tanto ferramentas, utilitários e frameworks podem ser instalados como extensões do Visual Studio.
Se você quer utilizar o Bing Maps SDK na sua aplicação, por exemplo, a forma mais fácil é adicionar a extensão no Visual Studio, que automaticamente cria templates e controles para você utilizar.
No post retrasado, falamos sobre o Nuget. O Nuget é um outro excelente exemplo de extensão para o Visual Studio.
 
Como instalar extensões?
É bastante simples, verificar e atualizar as extensões instaladas e instalar novas extensões.
Basta ir no menu TOOLS e "Extensions and Updates...".
E ele irá abrir esta janela com todas extensões instaladas.
Em "Online" você pode buscar e instalar novas extensões e "Updates" você verifica e atualiza suas extensões.

 
 
Como descobrir extensões interessantes?
A melhor forma de descobrir novas extensões (e publicar suas extensões, caso você queira desenvolver uma) é acessando a Galeria do Visual Studio em:
Veja que existem dezenas de extensões gratuitas, mas também existem extensões pagas com respectivos Trials.
 
Algumas extensões gratuitas mais populares
  • Sample Browser Visual Studio Extension: Facilita a busca na biblioteca de mais de 5.000 exemplos de código do MSDN de diferentes linguagens e plataformas.
  • NuGet Package Manager: Permite instalar e atualizar pacotes com bibliotecas utilizadas pelo seu projeto. Veja mais em aqui.
  • Sample Browser for Windows 8 / Windows RT: Facilita a busca na biblioteca de mais de 500 exemplos de código do MSDN de Windows 8.
  • VSCommands for Visual Studio 2012: Uma série de comandos adicionais, por exemplo para você "zipar" a Solution só com os códigos-fonte para enviar para alguém.
  • Web Essentials 2012: Adiciona funcionalidades específicas para quem desenvolve para Web.
  • Cobisi Routing Assistant: Facilita a configuração de rotas do ASP.NET MVC.
  • AnkhSVN - Subversion Support / SCC Provider: Permite utilizar o SVN como repositório de código-fonte.
  • Visual Studio 2012 Color Theme Editor: Permite a customização das cores da IDE do Visual Studio.
  • Productivity Power Tools 2012: Ferramentas de produtividade para codificação e formatação de código-fonte.
  • Visual Studio Tools for Git: Permite utilizar o Git como repositório de código-fonte.
  • PHP Tools for Visual Studio: Permite desenvolver sites PHP a partir do Visual Studio.
  • SQLite for Windows Runtime: Permite utilizar o SQLite em aplicativos para a Windows Store.
Algumas extensões pagas mais populares
  • ReSharper: Ferramental para refactoring de código e produtividade de codificação
  • SmartAssembly: Obfuscador de código .NET.
  • NetCOBOL for .NET: Programação em Cobol para .NET
  • UnityVS: Permite desenvolver para Unity3D de dentro do Visual Studio.
  • CodeTrigger Code Generator: Geradores de código.
  • FPS Icons Pack: Pacote de ícones para seus aplicativos.
  • Axe: Plataforma para automatização de testes.
  • ViEmu for Visual Studio: Emula comandos do VI no Visual Studio.
  • Visual Assist X: Ferramental para refactoring de código e produtividade de codificação.
  • CodeRush: Templates e automatização para aumentar a produtividade de codificação
Conclusão
Como se não bastasse tudo o que o Visual Studio já nos oferece, com as extensões as possibilidades do Visual Studio são praticamente ilimitadas: imagine-se programando em Cobol com comandos do VI no Visual Studio :-)

 

Vitor Ciaramella
Microsoft Technical Evangelist 

PS: Se você também tiver interesse sobre Gestão de Projetos, Game Design, Windows 8, Windows Phone e Windows Azure, acompanhe meu blog em http://vic.ms e me siga no Twitter @vitorcia.