5 dicas para que seus aplicativos sejam certificados rapidamente

5 dicas para que seus aplicativos sejam certificados rapidamente

  • Comments 1

Desde o início, desenvolvemos a Windows Store para ser uma parceria entre os desenvolvedores e a Microsoft. Temos um compromisso com a garantia de que nossos requisitos de certificação e processos de envio de aplicativos sejam claros e de fácil compreensão para que você, o desenvolvedor, possa criar aplicativos de alta qualidade interessantes para os clientes. Nesta postagem, queremos destacar alguns dos padrões que observamos nos envios de aplicativos e fornecer algumas orientações sobre como ajudar a agilizar o processo de envio do seu aplicativo. Gus Salloum, gerente de programas, foi o autor desta postagem.

--Antoine


Para um aplicativo ser publicado e permanecer no catálogo da Loja, ele precisa estar em conformidade com os requisitos de certificação da Windows Store. Esses requisitos ajudam a garantir que os aplicativos na Windows Store sejam de alta qualidade e interajam com os sistemas de maneiras esperadas pelos clientes. A versão mais recente dos requisitos de certificação está sempre disponível no Centro de Desenvolvimento. Também oferecemos um histórico de revisão para ajudá-lo a observar a evolução desses requisitos com o tempo.

Nas últimas semanas, observamos porque os aplicativos são reprovados na certificação e descobrimos alguns padrões. Para ajudar a colocar seu aplicativo na Loja, queremos oferecer orientações sobre os requisitos e os processos de certificação que se provaram ser desafiadores, além de algumas sugestões sobre como ser listado rapidamente.

Publicar uma política de privacidade quando necessário

A privacidade é uma dimensão importante da nossa promessa aos clientes. É importante que nossos clientes mútuos confiem nos aplicativos que obtêm na Windows Store. Divulgamos uma declaração sobre políticas de privacidade desde a primeira publicação desses requisitos em dezembro de 2011, e esclarecemos recentemente as expectativas de ajudar os desenvolvedores a atender a esses requisitos. Agora o requisito é:

Seu aplicativo deve ter uma política de privacidade se tiver capacidade de rede

Fizemos essa alteração porque queremos que os clientes se sintam confortáveis com a maneira com que você lida com suas informações pessoais. Qualquer aplicativo que se conecte a uma rede tem potencial de transmitir informações pessoais. É por isso que pedimos e solicitamos que você mantenha uma política de privacidade se o seu aplicativo declarar uma ou mais das seguintes funcionalidades:

  • internetClient
  • internetClientServer
  • privateNetworkClientServer

Sua política de privacidade explica aos usuários quais informações pessoais o aplicativo transmite e como essas informações são armazenadas e gerenciadas. Se o aplicativo tiver suporte de publicidade, a política descreve as informações pessoais compartilhadas com o provedor de publicidade. Em casos em que o aplicativo realmente não transmitir informações pessoais, basta dizer isso na política de privacidade.

Um lembrete: você precisa conceder a acesso a sua política de privacidade em dois locais:

  • no botão Configurações do aplicativo (disponível para os usuários enquanto estiverem usando o aplicativo)
  • na página Descrição do aplicativo no dashboard durante o envio do aplicativo (os usuários visualizam essa página antes de adquirir o aplicativo)

Enviar aplicativos valiosos

O requisito 1.1 da certificação informa:

O aplicativo deve oferecer aos clientes valores ou utilidades exclusivos e criativos em todos os idiomas e mercados de suporte

Temos uma meta em comum: encher o catálogo da Loja de aplicativos fantásticos para o cliente. Os aplicativos que oferecem valor mínimo serão rejeitados — esses aplicativos podem impedir a descoberta de aplicativos de qualidade, o que, por sua vez, prejudica os clientes e os desenvolvedores na mesma proporção.

Há um exemplo de um aplicativo que forneça pouquíssimo valor? Bem, considere nossos exemplos de códigos que foram criados para ajudar os desenvolvedores a criar aplicativos para a Windows Store. Esses exemplos de códigos facilitam a criação de um aplicativo com funcionalidade básica que demonstre os recursos da plataforma Windows 8. Infelizmente, a minoria dos desenvolvedores optaram por fazer um novo pacote desses exemplos e enviá-los para a Loja. Esses aplicativos têm pouca finalidade e não serão aprovados na certificação.

Veja outros exemplos de aplicativos que não serão aprovados nesse requisito:

  • Coleções de aplicativos criadas com base em um determinado tema com o uso do que parece ser um modelo de aplicativo com corte de cookies. Recomendamos que esses aplicativos sejam combinados em um único aplicativo. O aplicativo maior provavelmente fornecerá um valor mais tangível aos usuários (e provavelmente obterá melhores classificações e críticas do que os outros aplicativos enviados separadamente) e terá mais chance de ser aprovado na certificação.
  • Os aplicativos cuja única finalidade é exibir um conjunto limitado de imagens estáticas (algumas vezes apenas uma imagem — de uma bandeira ou celebridade, por exemplo).

Enviar aplicativos completos e evitar a confusão de descrições do aplicativo

Nosso requisito 1.2 da certificação informa:

O aplicativo deve estar funcionando normalmente quando o cliente o adquire na Windows Store

Exigimos que os aplicativos enviados funcionem normalmente. Também exigimos que a descrição do aplicativo seja precisa sobre seus recursos e conteúdo, além de relacionar de forma explícita quaisquer restrições que possa ter (geográfica, relacionada a hardware ou outros), de forma que os clientes tenham conhecimento do que obterão antes de comprar ou instalar seu aplicativo. Quando um aplicativo não é aprovado nesse requisito, normalmente é por um dos motivos a seguir:

  • Texto ou capturas de tela de descrição confusas. A descrição do aplicativo deve relacionar apenas os recursos e o conteúdo que serão realmente implementados no aplicativo. Se você sabe que alguns dos recursos do aplicativo não funcionarão em certos locais ou na ausência de determinados sensores ou periféricos de hardware, mencione essas restrições na descrição do aplicativo de forma explícita. A meta é fornecer aos clientes todas as informações necessárias antes de adquirir o aplicativo.
  • Incluindo controles do usuário não funcionais, links desfeitos ou seções com reserva de espaço. A meta aqui é evitar dar aos clientes a ideia de que o aplicativo não está concluído. Em muitos casos, nossos testadores encontram uma reserva de espaço para a funcionalidade que um desenvolvedor pretende fornecer em uma atualização futura. Rejeitaremos qualquer aplicativo que tenha essas reservas de espaço.
  • Não fornecimento de detalhes insuficientes para a Microsoft testar seu aplicativo. Se o aplicativo exigir instruções especiais para testes abrangentes, como um nome de usuário e senha, você precisa incluir essas informações quando envia o aplicativo.

Localize de forma correta o envio de aplicativo

Outra área em que encontramos dúvidas e confusão está relacionada às nossas políticas de localização:

6.5 Você precisa localizar o aplicativo em todos os idiomas aos quais ele oferece suporte

6.8 Você precisa fornecer capturas de tela localizadas do aplicativo em todos os idiomas aos quais ele oferece suporte

Os aplicativos da Windows Store podem oferecer suporte a mais de um idioma (consulte referência do esquema de manifesto do pacote). Esse recurso da plataforma pode ajudar seu aplicativo a alcançar uma base de clientes mais ampla, mas com requisitos:

  • A lista de idiomas com suporte do aplicativo deve incluir pelo menos um idioma certificável.
  • Em cada um dos idiomas com suporte no dashboard do aplicativo, você precisa fornecer elementos de descrição do aplicativo localizado (texto, imagens de captura de tela e legendas e assim por diante). A meta disso é garantir que os clientes tenham as informações que precisam em seu idioma de preferência para tomar uma decisão mais sólida sobre o aplicativo.
  • O aplicativo deve ser útil em todos os idiomas com suporte, além de apresentar a maioria de seus recursos cromados e de componente nesses idiomas. Você pode saber mais sobre algumas das ferramentas que podem ser usadas para ajudar a localizar seus aplicativos nesta postagem de blog.

Naturalmente, os aplicativos serão rejeitados neste requisito se eles declararem suporte a um determinado idioma, mas não incluir os recursos desse idioma, ou se um idioma usado nos elementos da descrição do aplicativo não for compatível com o idioma declarado.

Um lembrete: fazemos uma distinção entre os idiomas com suporte do aplicativo e os mercados em que você deseja distribuir seu aplicativo. Você define os idiomas no manifesto do aplicativo e escolhe os mercados de distribuição no dashboard do aplicativo.

Esperamos que isso tenha ajudado você a economizar um tempo valioso durante o processo de certificação. Ainda temos um compromisso com a garantia de que a Windows Store forneça uma experiência líder para os desenvolvedores que criam os aplicativos e os clientes que os usam. Estamos muito animados com o trabalho de todos. Os aplicativos mostrados demonstram seu compromisso compartilhado com a criação de ótimas experiências, e estamos trabalhando muito para ter certeza de que você tenha as ferramentas e as informações que garantem que seus aplicativos sejam certificados no menor tempo possível.

--Gus Salloum

  • Loading...
Leave a Comment
  • Please add 2 and 1 and type the answer here:
  • Post